Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pesquisadores das Obras Sociais Irmã Dulce tem artigo científico publicado na Australia

Publicidade

Uma ótima notícia para os pesquisadores do Centro de Pesquisa Clínica (CPEC) das Obras Sociais Irmã Dulce: o grupo teve um artigo científico publicado no periódico australiano “Diabetes Research and Clinical Practice”, revista oficial da Federação Internacional de Diabetes.

O artigo “Glycemic Control and its correlates in patients with diabetes in Venezuela: Results from a Nationwide Survey” (Controle glicêmico e seus correlatos em pacientes com diabetes na Venezuela: Resultados de uma pesquisa nacional), agora está indexado no MEDLINE e nos principais bancos de dados de referencias bibliográficas internacionais.

De acordo com Edson Moreira, líder do CPEC, os resultados do estudo têm grande relevância e impacto em saúde pública ao demonstrar que um percentual alarmante dos pacientes com diabetes está mal controlado e, portanto, sujeito às complicações da doença.

O CENTRO DE PESQUISA

O trabalho do Centro de Pesquisa Clínica (CPEC) foi iniciado em 1998 com a missão de inserir a OSID entre as instituições de referência científica do País. Para definir as suas linhas de pesquisa, o critério adotado é o de privilegiar as patologias mais importantes para a população, aquelas que têm mais relevância em saúde pública e, principalmente, pesquisas que pudessem gerar soluções aplicáveis.

O Centro mantém convênios e intercâmbios com diversas instituições. Um desses convênios permite a utilização dos laboratórios mais avançados de biologia molecular da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), além de participar de um programa que permite selecionar e treinar profissionais do núcleo no Brasil ou nos Estados Unidos. Desta forma, a instituição está buscando se tornar uma das referências no Brasil em pesquisas de endemias sociais, aquelas que se caracterizam por atingir principalmente a camada social mais desassistida.

A eficiência do trabalho pode ser medida pelos resultados. O alto nível técnico do núcleo fez com que fosse uma das unidades de excelência escolhidas pela Food and Drug Administration (FDA) em todo o mundo para desenvolver a pesquisa das vacinas contra o câncer do colo do útero (lançada em 2006) e de próstata. A excelência em pesquisa se reflete ainda nas parcerias como a da Fiocruz e Universidades americanas de Cornel e Berkeley e nas inúmeras publicações de artigos em revistas científicas brasileiras e internacionais.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta