Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pesquisa traça impacto socioeconômico do diabetes tipo 2

Publicidade

O estudo Diabetes Impact Survey, encomendado pela Merck
Sharp & Dohme apontou que menos de 50% dos pacientes com diabetes tipo 2 em
tratamento estão atingindo o nível desejado de glicose no sangue, sendo que 40%
apresentam complicações associadas à doença.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique aqui
Os dados do estudo, baseados em entrevistas com 866
profissionais de saúde e 607 pacientes da Alemanha, França, Reino Unido,
Canadá, México e Índia, revelam ainda que, nos últimos anos, os médicos
receitaram mais terapias adicionais nos estágios iniciais de tratamento, como
estratégia para retardar a progressão da doença.
De acordo com os resultados, a maior parte dos médicos
entrevistados (75%) estimou o impacto econômico do diabetes em seu país abaixo
de US$ 5 bilhões.  No México os custos de
diabetes são de US$ 15 bilhões e no Canadá são de US$ 9 bilhões.
A pesquisa revelou ainda a maioria dos pacientes
entrevistados aponta a ingestão de muitos comprimidos ao dia e o medo dos
efeitos colaterais como as principais causas para a não adesão ao tratamento.
Os achados da pesquisa permitem ainda traçar outras
estratégias que poderiam contribuir para amenizar o impacto do diabetes tipo 2:
tratamento multidisciplinar e contato mais frequente do médico com o paciente;
ampliação do acesso aos medicamentos para reduzir custos de hospitalização e de
tratamento das complicações associadas; prescrição de um tratamento efetivo o
mais cedo possível; melhoria da adesão ao tratamento com o desenvolvimento de
medicamentos de dose única diária e baixos efeitos colaterais; emprego de
recursos governamentais na prevenção das complicações e não no seu tratamento.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta