Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pesquisa revela índices preocupantes de osteoporose masculina

Publicidade

Uma pesquisa realizada pelo Programa de Osteoporose Masculina (Proma), do Instituto Nacional de Tráumato-Ortopedia (Into), mostrou a incidência da osteoporose em homens. Os resultados da pesquisa que foi iniciada em março de 2004, alertam para a magnitude de um problema até então pouco reconhecido pelos profissionais de saúde. De acordo com a pesquisa, 19,5% dos pacientes maiores de 50 anos atendidos no Into, apresentaram diagnóstico de osteoporose. Já os maiores de 80 anos ou mais, a percentagem foi de 36,4%, enquanto que o grupo de homens com idade entre 50 e 59 anos apresenta 11,6% de incidência.
Ao se analisar separadamente a densidade óssea do quadril de 712 pacientes, a incidência encontrada foi de 12%, ou seja, mais que o dobro do valor estimado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 3% a 6%. A prevalência em homens de cor branca foi de 22,4%, em mulatos, de 16,8%, e, em negros, de 11,4%.
Nos pacientes considerados magros a prevalência de osteoporose foi de 68,6%, enquanto que nos obesos, foi de 7%. Considerando os fumantes, a osteoporose foi mais presente entre os fumantes (29%), que nos não-fumantes (18,1%).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta