5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

Pesquisa gera nova técnica para planejamento cirúrgico

Publicidade

Uma pesquisa da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp gerou uma nova metodologia para o auxílio no planejamento cirúrgico.
A técnica chamada de prototipagem rápida permite que antes do procedimento cirúrgico, haja uma impressão de peças em três dimensões, o que reproduz modelos reais em diversos tipos de materiais.
Cristiane Ulbrich é a pesquisadora responsável pela tese. De acordo com ela, o modelo já é utilizado em diversos setores da indústria, como automobilístico, design, embalagens, equipamentos e bens de consumo.
Atualmente, a área médica faz uso de próteses personalizadas, implantes e biomodelos, utilizados em simulações de planejamento cirúrgico.
A prototipagem rápida é feita em três etapas. Inicialmente, realiza-se uma tomografia computadorizada. Depois, determina-se a área que será prototipada. Nesta fase, gera-se um modelo virtual, que, por fim, é materializado.
A proposta da pesquisadora é adicionar uma etapa antes da materialização: a inspeção por digitalização. Nesta etapa a peça final é digitalizada para que seja feita a verificação de suas dimensões. O diferencial do trabalho é a medição linear, no lugar da medição tridimensional.
Com ele, há o desenvolvimento de peças coloridas, que demonstra a partir das cores as variações entre o tamanho da peça e o modelo real. De acordo com a pesquisadora, isso faz com que os médicos possam identificar e mensurar as diferenças dimensionais, prevenindo a intervenção da variação no procedimento médico.

       
Publicidade

Deixe uma resposta