Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Paulista de Medicina adota equipamento holandês para prevenção da osteoporose

Publicidade

O Instituto Cohen, da Escola Paulista de Medicina, adquiriu o equipamento Power Plate voltado à prevenção da osteoporose, massa e força muscular. Criado na Holanda para preparar atletas de elite, o Power Plate desembarcou recentemente no País e, além da área de fitness, vem sendo utilizado com êxito no setor de fisioterapia e reabilitação.
O Instituto Cohen, da Escola Paulista de Medicina, por exemplo, já conta com o equipamento para tratar seus pacientes na área de ortopedia.
No exterior, o Sport Science Institute, da Universidade de Beyreuth, na Alemanha, demonstrou que o Power Plate reduz consideravelmente o risco de lesões durante os exercícios, sendo ideal para fisioterapia na reabilitação, inclusive no tratamento de osteoporose, esclerose múltipla, atrite e recuperação pós-operatória. Vários centros de reabilitação no mundo já adotaram o equipamento, como o National Academy of Sports Medicine Calabasas e o Loma Linda Hospital Complex, ambos em Los Angeles.
O Power Plate possui muitas aplicações terapêuticas, sendo que a sua função principal na área da Fisioterapia é prevenir o processo de degeneração óssea (osteoporose) e auxiliar no ganho de massa e força muscular.
O seu princípio é fazer com que os músculos sejam estimulados através do reflexo constante de contração-relaxamento criada pela instabilidade da placa. Diferente da eletroestimulação, esta instabilidade mecânica produz uma amplitude que pode variar de 0.2 a 0.6mm, sendo esta necessária para que haja a resposta esperada. Outra variante é a freqüência com que as vibrações são transmitidas (30, 35, 40 e 50 HZ) isto faz com que uma gama de situações seja possível, podendo ser utilizado tanto por pessoas da terceira idade até atletas de elite. Costuma-se treinar por até um minuto cada grupo muscular.
Algumas vantagens são atribuídas a este tipo de treino, entre elas: menor desgaste articular, estimulação das fibras musculares 40 a 60% superior ao treino convencional e redução do tempo de treinamento.
Em até 20 minutos é possível fazer um treino completo e equilibrado para cada indivíduo.
O conceito da estimulação neuromuscular por vibração foi criado, em princípio, para prevenir a perda de densidade óssea e massa muscular que sofriam os astronautas, devido aos seus períodos de permanência em atmosfera sem gravidade. Como os resultados obtidos foram muito positivos, logo a vibração passou a ser usada como medida terapêutica. Desde então foram efetuados inúmeros estudos científicos que provaram a eficácia da vibração na prevenção e tratamento desta patologia.
O Power Plate possui protocolos exclusivos para a aplicação. Tais como: Esclerose Múltipla, Alzheimer e Parkinson; Reabilitação pós-cirúrgica, Lesões Desportivas;Pré-operatório: como preventivo de processos como problemas circulatórios e fraqueza muscular; Estabilização Postural, Equilíbrio e Propriocepção; Drenagem Linfática, Ativação da Circulação; Estimulação do sistema hormonal; Desenvolvimento da Tonicidade, Força e Flexibilidade, mesmo em pessoas incapacitadas ou limitadas para a prática de exercício físico convencional, entre outros.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta