Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Partners in Health e Abbott se unem contra desnutrição no Haiti

Publicidade

A entidade Partners In Health (PIH) e a Abbott, juntamente com sua fundação filantrópica, Abbott Fund, anunciaram parceria para capacitar os haitianos a criar soluções locais para o problema de desnutrição extrema no país. Os investimentos para a iniciativa giram em torno de US$ 6.5 milhões.

As companhias planejam construir uma unidade de produção de alimentos nutricionais que irá permitir que os haitianos produzam produtos alimentícios de fontes locais e com alta qualidade nutricional. A iniciativa também tem como meta capacitar as comunidades por meio da criação de pontos de distribuição locais, em apoio aos agricultores e promover o desenvolvimento econômico.

“Esta parceria ambiciosa entre PIH, Abbott e a Fundação Abbott irá ajudar a atacar a desnutrição extrema no Haiti, enquanto também serve como exemplo de como este tipo de parceria pode contribuir para a capacitação econômica de comunidades locais”, disse Paul Farmer, co-fundador da PIH.

De acordo com um comunicado da empresa Abbot, os especialistas das organizações envolvidas estão trabalhando com agricultores haitianos e profissionais comunitários de saúde para criar soluções locais e sustentáveis para tratar a desnutrição infantil.

Unidade de Produção

A nova unidade de produção nutricional da PIH será localizada perto do principal hospital da entidade em Cange, na região central do Haiti. A unidade inicialmente irá se concentrar em produzir Nourimanba, um nutriente desenvolvido pela PIH que tem o amendoim como base, e é um produto alimentar terapêutico pronto para consumo, para tratar a desnutrição infantil extrema.

No longo prazo, as organizações pretendem capacitar os haitianos a desenvolver e vender alimentos nutricionais não médicos como manteiga de amendoim para apoiar a produção continuada e distribuição gratuita de Nourimanba pela PHI.

A unidade, que deve ser edificada a partir de meados de 2011 com início de operação previsto para 2012. E, segundo comunicado, terá equipamentos robustos, de baixa manutenção, adequados para operações em cenários como o do Haiti.

Treinamento de mão de obra local

A nova unidade será construída com trabalhadores locais. Os especialistas da Abbott em ciência nutricional, engenharia, qualidade e produção irão se unir à equipe da PIH para apoiar todos os aspectos do programa, incluindo projeto e construção da unidade de produção, qualidade e segurança de produto e expansão da capacidade de produção.

Quando concluída, a unidade será capaz de empregar mais de 60 haitianos na produção. De acordo com afirmou a vice presidente da Fundação Abbott, Katherine Pickus, a iniciativa também ajudará a expandir o desenvolvimento agrícola da região pelo trabalho com centenas de agricultores locais para o fornecimento de amendoins, o principal ingrediente em Nourimanba.

Desnutrição Extrema

O Haiti é o país mais pobre do hemisfério ocidental, o que tem resultado em desnutrição generalizada. Mesmo antes do terremoto de janeiro de 2010, uma em cada três crianças haitianas abaixo de cinco anos de idade sofria de desnutrição. Hoje milhares estão em risco de desnutrição como resultado da devastação causada pelo terremoto. Crianças mal nutridas têm de cinco a oito vezes mais risco de morrer de doenças como diarreia, pneumonia e sarampo do que crianças bem nutridas.

Nourimanba é um alimento terapêutico já pronto para consumo, produzido pela entidade Partners In Health. A Organização Mundial de Saúde recomenda este tipo de alimento para o tratamento de desnutrição extrema aguda. Nourimanba é uma pasta de amendoim fortificada, com altos índices de proteína e caloria, que já vem pronto para ser consumida, sem necessidade de ser misturada com água, nem refrigeração.

Alimentos como Nourimanba são fornecidos às crianças preferencialmente em suas casas, ao invés de hospitais, evitando, assim, o custo e a complexidade de tratamentos hospitalares.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta