Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Participação de empresas brasileiras em feira de Dubai deve gerar US$ 11,2 milhões

Publicidade

Após contabilizar um resultado acima do esperado em 2004(leia matéria anterior), o Programa de incentivo às exportações promovido pela ABIMO- Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios – em parceria com a APEX ? promete repetir a dose. Na semana passada, 40 empresas brasileiras participaram da Feira Arab Health, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, realizando mais de 3 mil contatos com compradores de 62 países diferentes. Os negócios realizados durante a Feira somaram US$ 491,5 mil, mas novos contratos devem ser formalizados ao longo dos próximos 12 meses com expectativa de gerar US$ 11,2 milhões. Esse foi o segundo ano que as empresas brasileiras participaram da Feira nos Emirados Árabes Unidos e os números demonstram um crescimento significativo dos negócios. Em 2004, apenas 14 empresas nacionais participaram, registrando um faturamento durante o evento de US$ 192 mil, decorrentes de 1.037 contatos com compradores de 45 países. Durante o ano passado, em decorrência da participação, as empresas totalizaram negócios da ordem de US$ 3,2 milhões.

Hely Audrey Maestrello, diretor executivo da ABIMO, que esteve presente na Arab Health 2005, destaca a importância da participação em feiras no exterior : ?caso nossa expectativa de negócios se concretize, 317 novos postos de trabalho serão abertos?. As empresas que participaram do evento atuam nos setores de implantes e material de consumo médico-hospitalar, equipamentos médicos-hospilares, materiais e equipamentos para odontologia, radiologia, diagnóstico por imagem e laboratórios.
Segundo Maestrello, contribuiu muito para o sucesso dos produtos no exterior o apoio do IPT, que através do PROGEX – Programa de Apoio Tecnológico à Exportação, tem ajudado as empresas do setor, na adequação de produtos às normas internacionais, como, marcação CE, NBR IEC-601-2 e outras, bem como no desenvolvimento de design dos produtos e embalagem para exportações.

A ABIMO tem programada para o final de maio outra iniciativa visando o mercado do Oriente Médio: uma missão à Arábia Saudita, como parte do Projeto Vendedor. Cerca de 15 empresas devem participar dessa atividade, que tem por objetivo promover reuniões de negócios entre as companhias nacionais e compradores de companhias e departamentos governamentais da Arábia Saudita. Para maximizar os resultados desta iniciativa, os brasileiros passarão por um treinamento com um consultor especializado no mercado árabe para conhecerem as peculiaridades, necessidades e requisitos das empresas locais.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta