Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Parceria entre setores público e privado gera sustentação financeira e viabiliza implantação de projetos

Publicidade

O sucesso da gestão da Faculdade de Medicina da USP em parceira com o hospital das Clínicas de São Paulo foi destaque da apresentação do dr. Flávio Fava de Moraes, diretor geral da Fundação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, durante sua palestra no Saúde Business Forum, sobre a atual discussão entre as parcerias entre os setores público e privado. O gestor ressaltou a importância da união entre o poder associativo (público e privado), visando a manutenção do sistema público, já que esses hospitais não possuem recursos financeiros que possibilitem auto-sustentação. “A parceira entre os sistemas públicos e privado é a única solução para a salvação dos hospitais públicos. E se o HC não tivesse a Fundação como parceira, certamente estaria num processo final de atividades”, afirma Dr. Moraes.
Para o diretor geral, as duas partes são beneficiadas na união dos sistemas. ?A parceria consiste na viabilização de projetos, flexibilidade administrativa, otimização de recursos, rapidez nas ações e adaptação rápida ao mercado?, explica o Dr Moraes. O aporte do sistema privado otimiza os recursos e mantém os empregos nos hospitais públicos. Já o sistema privado passa a ter a sua disposição toda a infra-estrutura do hospital, já que, o HC é reconhecido pela qualidade de profissionais gabaritados e pelo selo da USP, que está entre as 15 melhores universidades do mundo.
Segundo ele, a idéia da parceria entre os sistemas não é uma coisa muito recente (a primeira foi em 1920), mas ainda serve como exemplo para os hospitais públicos que estão buscando soluções para viabilizar suas gestões.
Outro detalhe do sucesso na gestão do HC é que o hospital passou a atender 23% a mais de pacientes do SUS, devido aos recursos oriundos da parceria com o sistema privado, e nem por isso perdeu a identidade de hospital público.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Comentários

Deixe uma resposta