Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Parceria com Canadá busca melhor formação profissinal

Publicidade

O governo do Ceará firmou uma parceria com a Agência Canadense de Desenvolvimento Internacional para melhorar a formação dos profissionais técnicos da rede pública de saúde. Com a parceria, o governo cearense utilizará a metodotologia canadense de educação baseada em reconhecimento de competências para qualificar os profissionais.
Realizado em três etapas, o projeto tem a finalidade de avaliar a qualificação dos profissionais da rede pública, mapear a oferta e a demanda de trabalhadores técnicos e com isso direcionar ações de educação para esses trabalhadores e visa apoiar a política nacional de descentralização e de educação permanente em saúde do Sistema Único de Saúde. “Este é o primeiro passo para melhorar a qualidade da saúde pública no Estado. Com mais informações, podemos ser mais precisos”, destaca a coordenadora da Escola Pública de Saúde do Ceará (ESP – CE), Carmem Cemires.
A primeira fase do projeto prevê a elaboração de seis programas de ensino técnico com a metodologia canadense de competências. “Não podemos colocar um profissional já experiente para se formar junto com alguém que está começando. Queremos aproveitar essa experiência e orientar sua formação”, explica Carmen.
Na segunda fase, o projeto irá mapear a qualificação dos profissionais técnicos de saúde e analisar a oferta e a demanda de profissionais e de cursos de formação, os resultados serão compilados em uma base de dados que será disponibilizada a todos os gestores de saúde do Estado. Essa etapa será coordenada pelo consultor canadense Abdelouahab Essafi, especializado na planificação de recursos humanos.
A última etapa prevê a divulgação do banco de dados e dos resultados dos projetos por meio de um link no site do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). “Esse é um projeto pioneiro no Brasil. Os resultados podem servir de exemplo para outros Estados”, conclui.
O estudo está sendo realizado pelo governo do Estado do Ceará, em conjunto com as prefeituras de Fortaleza e de Sobral, com apoio do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) em parceria com a Agência Canadense de Desenvolvimento Internacional (ACDI) e o Consórcio Internacional de Desenvolvimento em Educação (CIDE).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta