Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Para senador, corte de horas extras aponta desativação de UTI em MT

Publicidade

Na opinião do senador Jayme Campos (DEM-MT), a decisão do Ministério de Planejamento de cortar gastos com horas extras de funcionários e médicos de plantão aponta a desativação da única UTI Neonatal que atende pelo Sistema Básico de Saúde (SUS) em Mato Grosso, gratuitamente. A afirmação foi feita em um discurso, realizado na quarta-feria 3.
O corte, também, acarretou no fechamento do pronto-atendimento pediátrico do hospital e abalou os servidores do Hospital Universitário Júlio Muller, ligado à Universidade Federal de Mato Grosso. Segundo o senador, o Pronto Socorro Municipal de Cuiabá não tem condições de receber as crianças que não vêm sendo atendidas pelo Hospital Universitário, pois passa por reformas, e o corte afetou por todo o país outros 45 hospitais universitários federais.
Em convite, Jayme Campos pediu a cooperação de dois outros senadores de Mato Grosso, Serys Slhessarenko (PT-MT) e Gilberto Goellner (DEM-MT), para a defesa do hospital, além de solicitar um acompanhamento da presidente da Comissão de Educação do Senado, a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), junto a parlamentares do Mato Grosso, nas negociações do governo federal com os hospitais universitários.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta