Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

PAIS DEVEM CONHECER AS VACINAS QUE AINDA NÃO ESTÃO DISPONÍVEIS NO SUS

Publicidade

Em geral, os pais preocupam-se com o futuro dos filhos antes mesmo do nascimento. Imaginam a personalidade da criança, o quanto será parecida com o pai e a mãe, que atividades desenvolverá. Mas, para realizar os inúmeros planos e seus próprios desejos, os cuidados com a saúde na infância serão essenciais.

Outro quesito fundamental na infância é a imunização. Isso porque o sistema imunológico da criança está em formação, o que a torna vulnerável. Doenças como a meningite podem comprometer o desenvolvimento e deixar seqüelas por toda a vida. “A vacina estimula o organismo a produzir anticorpos contra vírus ou bactérias, protegendo das doenças que muitas vezes estão presentes no ambiente ou no contágio com pessoas infectadas”, explica a infectologista Eliana Bicudo, Diretora da Clínica de Doenças Infecciosas e Parasitárias (CLIDIP), em Brasília.

A gripe é um exemplo de doença que afeta anualmente milhões de pessoas, por um vírus com capacidade de mutação muito alta e transmissão através das vias respiratórias. Além de causar indisposição e mal estar, pode complicar o quadro com infecções ocasionadas por bactérias. Os riscos são ainda maiores em crianças.

Embora algumas vacinas não estejam disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), como é o caso da Influenza, para gripe, e mesmo a da meningite, elas podem ser encontradas em clínicas particulares. “Prevenir ainda é o melhor remédio. A imunização é um investimento necessário em qualquer idade”, destaca infectologista.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta