Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

País deve receber certificado de erradicação da rubéola

Publicidade

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou ontem (22), no Rio de Janeiro, que entre fevereiro e março do próximo ano o Brasil deverá receber da Organização Mundial de Saúde (OMS) o certificado de país livre de mais duas doenças: rubéola e a síndrome da rubéola congênita.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique aqui
Segundo Temporão, há cerca de dois meses o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregou aos representantes da OMS um dossiê com toda a documentação comprovando que o país já ultrapassou a cobertura exigida pela organismo, vacinando mais de 95% da população alvo.
“Agora estamos sendo monitorados pela OMS e, comprovado que o vírus deixou de circular no país, o Brasil receberá a certificação de erradicação das duas doenças: a rubéola e a síndrome da rubéola congênita”.
Na avaliação do ministro, normalmente o resultado saiu um ano após a entrega do dossiê. “Por isso, a nossa perspectiva é de que o certificado saia entre fevereiro e março do próximo ano”, disse.
As declarações do ministro da Saúde foram dadas no Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade, onde ele participou do lançamento oficial da 11ª Campanha Nacional de Vacinação do Idoso.
Com o slogan “Deixe a gripe na saudade”, a campanha tem como meta imunizar 80% da população idosa do país e para isso distrubuirá 22,1 milhões de doses da vacina contra a gripe.
O dia de mobilização nacional será no próximo sábado (25) e o objetivo da campanha é reduzir as complicações e mortalidade causadas pela doença na população com 60 anos ou mais.  
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta