Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Pacientes de edifícios verdes recebem alta mais cedo

Publicidade

Na manhã desta terça-feira (28), a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) recebeu a palestra “Construção e Operação de Edifícios Verdes – Certificação LEED Healthcare e LEED EB_OM”. Patrocinado pela multinacional francesa Dalkia, o evento promoveu a discussão de alternativas sustentáveis para instituições de saúde.

 

Atualmente, a certificação LEED EB_OM (Leadership in Energy & Environmental Design) atesta aqueles edifícios cuja estrutura oferece menos impactos ao meio ambiente. Já a certificação LEED Healthcare, voltada exclusivamente para a área de saúde, ainda está em fase de consulta pública e deve ser lançada em um período de seis meses a um ano.

Para receber a certificação, os edifícios precisam comprovar uma série de fatores que demonstrem sua sustentabilidade, como a economia no gasto de água e energia. O novo LEED Healthcare possui outras especificidades próprias do setor, como o uso de equipamentos médicos que demandem menor utilização de água potável.

Segundo Sandra Pinheiro, arquiteta e sócia da Petinelli Soluções em Sustentabilidade, o gasto para construção de um “edifício verde” pode ser de 2% a 5% superior ao custo de um edifício não-sustentável. No entanto, o investimento tem retorno imediato, uma vez que contribui para a redução do consumo de água e energia, controle do ar, melhora no desempenho dos profissionais e maior eficiência no tratamento.

De acordo com a arquiteta, os pacientes de uma instituição de saúde sustentável podem receber alta dois dias e meio mais cedo. “Um prédio que não tem aquela ?cara de hospital” promove uma melhora direta no bem estar do paciente”, diz.

Sandra explica que esta é uma tendência para o mercado de saúde, já que os gestores percebem os benefícios advindos do investimento em sustentabilidade. No Brasil, instituições como o Laboratório Delboni Auriemo e o hospital Albert Einstein já receberam a certificacao LEED EB_OM.

Para os gestores que desejam se qualificar para o LEED Healthcare, a arquiteta os aconselha a planejar a reforma ou a construção de uma nova unidade de saúde visando atender aos requisitos necessários, para estarem aptos a receber a certificação quando lançada. Veja mais informações no site do Green Building Council.

Assista à entrevista completa com Sandra Pinheiro em breve, em nosso webcast.

Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta