Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Os desafios da Geração Y nas organizações de Saúde!

Publicidade

Em recente evento realizado pelo SINDHOSP e a FEHOESP sobre “Cliente Interno: Um Desafio para os Gestores”, Elaine Saad, consultora de RH, trouxe uma interessante abordagem sobre a geração Y e por quê os gestores de saúde devem estar atentos a ela. Esta é uma síntese livre, da palestra realizada por ela.

Quem é a Geração Y ?

São os joves nascidos após 1976, que possuem algumas características bem peculiares:

–       Otimistas

–       Criativos e Inovadores

–       Preparados para superar desafios

–       Possuem metas ousadas e altas expectativas

–       São focados e multi-tarefa

–       Valorizam a empregabilidade e não a fidelidade

–       Possuem pressa em construir a carreira

O que eles querem no ambiente de trabalho?

– Correr riscos e ter diversas oportunidades profissionais

–  Querem ambientes de trabalho com justiça

–   Preferem o trabalho em equipe

–   Não possuem protocolo e não gostam de hierarquia

–   Gostam de agilidade no processo de decisão

–   Buscam informações através da internet

–  São estimulados para projetos curtos

–  Preferem ambientes de trabalho leves e descontraídos

–  Gostam de reconhecimento e crescimento rápidos!

 

O que buscam em suas vidas?

–       Querem pertencer e contribuir

–       Equilíbrio entre vida profissional e pessoal

–      Querem trabalhar em um ambiente agradável, sem formalidade

–       Buscam possibilidades reais de crescimento

–       Buscam variedade e flexibilidade

–       Querem ter voz ativa

Quais são as dificuldades da Geração Y?

–       Dificuldade em receber feedback

–       Baixa resistência à frustração

–       Alta ansiedade

 Como o gestor deve lidar com a Geração Y?

–       Criar ambientes de trabalho flexiveis

–       Desenhar a responsabilidade com base em papéis e não em cargos

–       Aumente o uso de tecnologia e grupos de trabalho

–       Invista em programas de mentoring e coaching

Quais os choques entre as empresas tradicionais e a Geração Y?

–       Talentos inquietos em empresas engessadas

–       Possuem influência sem autoridade

–       Fazê-los entender algo é melhor do que simplesmente mandar

–       Muitos líderes escutam com impaciência

–       Falta de formalidade dos jovens conflita com estrutura das organizações

–       Educação privilegiou individualidade e não o trabalho em equipe

Saiba mais sobre Elaine Saad:

Elaine Saad é Gerente Geral da Right Management no Brasil e também coordena as operações da empresa na América Latina.
Foi fundadora da empresa local, em 1988, que foi adquirida pela Right Management no ano de 2000. Hoje a Right Management é parte do Grupo Manpower, líder mundial em employment services.
Elaine é hoje responsável pela coordenação dos projetos da Right na América Latina, envolvendo Brasil, México, Argentina, Peru, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Equador, Venezuela, Colômbia, Chile, Costa Rica e Panamá.
Possui mais de 20 anos de experiência na Área de Recursos Humanos, tendo expertise em assuntos relacionados à Gestão de Pessoas, Liderança e Processos de Reestruturação.

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

Equipe EmpreenderSaúde

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta