Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Orizon investe em virtualização para crescer

Publicidade

A integradora Orizon anunciou investimento na virtualização de servidores, tendo em vista ampliação do número de usuários no programa de Monitoramento do Tratamento, que hoje apoia 70 mil pacientes crônicos. “A virtualização foi um salto tecnológico fundamental para apoiar o crescimento da nossa oferta de PBM (Programa de Benefícios de Medicamentos). Para se ter uma ideia, desde o começo do ano para cá, o número de participantes no programa de Monitoramento praticamente dobrou”, explica o diretor de Operações, Sérgio Pironato Jr, em comunicado. O valor da modernização de seu parque tecnológico não foi divulgado até o momento.

Segundo a companhia, o investimento teve como pano de fundo a migração do datacenter que ficava sediado na cidade de Santos (SP) para São Paulo (SP). O objetivo foi concentrar o parque tecnológico em um único local, que já abrigava todo o ambiente da operação. “Após três meses de planejamento, constatamos também que a virtualização permitiria o melhor gerenciamento dos recursos e facilitaria a migração”, disse Pironato.
A mudança envolveu 57 pessoas, de diversas áreas da companhia. De acordo com Pironato, a operação exigiu uma logística complexa, pois além do transporte físico de alguns equipamentos, tiveram de lidar também com informações sigilosas, como os dados dos clientes e informações sobre a comercialização de medicamentos.
A estrutura anterior contava com 27 servidores, 12 críticos para o negócio e 15 não críticos. Agora, quatro servidores físicos hospedam 19 virtualizados e dois bancos de dados. No total, cinco servidores foram desativados.
Esse projeto de virtualização da Orizon está sendo feito por meio das parcerias:  TCS Logística, Embratel, Tivit e Telefônica.
Você tem Twitter? Então, siga  http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.
 
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta