HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Operação da PF combate desvio de medicamentos em hospitais públicos do Nordeste

Publicidade

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (29) uma operação para desarticular uma organização criminosa que desviava medicamentos e materiais hospitalares de unidades mantidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Região Nordeste.
Ao todo, 300 homens participam da chamada Operação Desvio para cumprir 11 mandados de prisão preventiva, 44 de condução coercitiva e 74 de busca e apreensão na Bahia, Paraíba, em Alagoas, Sergipe, Pernambuco e no Rio Grande do Norte.
De acordo com a PF, as investigações revelaram que a quadrilha era composta por funcionários e prestadores de serviços de grandes hospitais públicos, como técnicos em enfermagem, seguranças, faxineiros e atendentes. Eles desviavam os produtos em pequenas quantidades para uma rede de atravessadores, que repassavam os lotes a revendedores. Alguns investigados chegaram a usar notas fiscais falsas.
Entre as unidades de saúde identificadas pela PF como prejudicadas pelo grupo estão o Hospital Agamenon Magalhães, o Hospital da Restauração, o Hospital Oswaldo Cruz, o Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco, o Hospital Otávio de Freitas, o Hospital Getúlio Vargas, o Hospital das Cínicas e a Farmácia do Estado de Pernambuco.
Os medicamentos apreendidos, segundo a PF, serão devolvidos aos hospitais na tentativa de minimizar os prejuízos. Os crimes são de peculato [praticado por um servidor público que se apropria de dinheiro ou qualquer bem a que tenha acesso em razão do cargo], formação de quadrilha, receptação qualificada, falsidade ideológica, uso de documento falso, tráfico e associação para o tráfico de drogas.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

       
Publicidade

Deixe uma resposta