Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

OPAS concede prêmio de administração a brasileiro

Publicidade

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Gastão Wagner de Sousa Campos, foi o ganhador do Prêmio OPAS Administração 2004, concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) ? a mais antiga organização de saúde do mundo. A entrega do diploma e valor em dinheiro acontece no dia 27 (segunda-feira), na sede da OPAS em Washington, nos Estados Unidos. Os representantes do comitê julgador, constituído por representantes da Costa Rica, Paraguai e República Dominicaba, conferiram ao médico e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp o prêmio anual pela sua ?excepcional contribuição para a transformação do modelo de atenção de saúde mediante o aperfeiçoamento de um método de gestão que fomentou a democratização dos serviços, fortalecendo os vínculos entre os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil?.
Sousa concorreu com diversas indicações de profissionais da América Latina, Canadá e outros países. Segundo o secretário, o julgamento levou em conta sua produção teórico-científica e as ações concretas em saúde pública, tendo seus principais exemplos suas atividades em Paulínia e Campinas. Seus trabalhos versam sobre gestão voltada à humanização, respeito entre a equipe médica e paciente.
O prêmio é entregue desde 1982 e Gastão Wagner é o segundo brasileiro contemplado. Em 1994, Zilda Arns Neumann, a então diretora de saúde materno infantil do Ministério da Saúde, foi escolhida pelo comitê julgador. Suas atividades de destaque foram na administração de programas públicos, em particular em saúde materno infantil, tanto em organizações governamentais quanto não governamentais no nível estatal e nacional.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta