Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Número de doentes de Alzheimer deve dobrar em 20 anos

Publicidade

O número de doentes de Alzheimer e outras demências similares irá dobrar nos próximos 20 anos, passando dos atuais 35,6 milhões para 65,7 milhões em 2030 em todo o mundo, segundo estudo divulgado pela ADI (Alzeimer”s Disease International). Ainda segundo a pesquisa, esse número deve triplicar em 40 anos, totalizando 115,4 milhões em 2050.

 

No Brasil, as mortes por Alzheimer passaram de 1.343 em 1999 para 7.882 em 2008, um aumento superior a 500%, segundo estudo da Academia Brasileira de Neurologia (ABN). A demora no diagnóstico correto e o acesso aos remédios adequados dificultam o tratamento.

O custo do tratamento da doença de Alzheimer e demências deve representar 1% do PIB (Produto Interno Bruto) mundial em 2010, que equivale a mais de 604 bilhões de dólares, diz o relatório da ADI.

Para atender a todos os doentes, os fundos dedicados ao Alzheimer teriam que se multiplicar por 15, financiamento comparável ao do tratamento de doenças cardiovasculares, e por 30, para se igualar ao financiamento para os que padecem de câncer, segundo especialistas.

A doença de Alzheimer e as outras similares afetam 0,5% da população mundial. O Alzheimer afeta a memória e é incurável e, a partir dos 65 anos, o risco de ter a doença duplica-se a cada cinco anos, chegando a 50% aos 85.

Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor. 

*Com informações da France Presse

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta