✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Equipamento diminui a radiação em tratamentos de câncer

Publicidade

A partir de outubro, a Oncoclínica Radioterapia, do Grupo Oncoclínicas, disponibilizará o prone breast board (prancha de mama invertida) – novo modelo de sistema de imobilização que diminui a radiação em pulmão, coração e pele de pacientes no tratamento de câncer. O  equipamento é utilizado no tratamento de radioterapia para câncer de mama, primeiro tipo mais comum entre mulheres no Brasil (com exceção do tumor de pele) e responsável por 25% dos casos, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). A nova tecnologia diminui a radiação incidente sobre outros órgãos vizinhos e, assim, restringe significativamente os riscos de a mulher desenvolver outras doenças decorrentes da radiação absorvida nas sessões de  radioterapia.

“A chegada da prone breast board ao Rio de Janeiro – tecnologia ainda pouco explorada no Brasil – é motivo de comemoração porque se traduz em diversos benefícios à saúde da mulher em tratamento de câncer de mama. Já utilizamos a radioterapia com intensidade modulada, possibilitando que a radiação fique extremamente concentrada na mama, reduzindo consideravelmente as doses sobre os outros órgãos próximos. A prone breast board foi produzida anatomicamente para beneficiar a mama durante a radioterapia, com sessões feitas com a paciente de bruços, o que estabiliza a mama reduzindo a movimentação do tórax pela respiração, distanciando a mama dos pulmões e do coração. Com isso, é possível evitar problemas em médio prazo e ferimentos tardios”, garante Dr. Marcio Reisner, radio-oncologista da Oncoclínica Radioterapia (RJ).

O médico acrescenta que a concentração das doses de radiação nos órgãos saudáveis e adjacentes é menor, reduzindo os riscos de sequelas, como isquemia coronariana, fibrose no pulmão e hipotireoidismo, além de menor dano à pele.

       
Publicidade

Deixe uma resposta