Nove OSs querem gerenciar UPAs no Rio de Janeiro

Publicidade

Nesta última sexta-feira (20), foram entregues os envelopes com as propostas de nove Organizações Sociais (OSs) para gerenciamento das Unidades de Pronto-Atendimentos da Secretaria de Estado de Saúde. As entidades poderiam apresentar até sete lotes de documentos, cada um contendo propostas de trabalho para três ou quatro UPAs. Cada proposta deve conter plano de gestão para a unidade requerida e relação de preços para prestação dos serviços (como, por exemplo, gastos com insumos e recursos humanos, entre outros).,13,As entidades que apresentaram as propostas foram: Associação Marca para Promoção e Serviços; Instituto Data Rio para Administração Pública; Hospital Maternidade Teresinha de Jesus; Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano; Instituto dos Lagos Rio; Instituto Sócrates Guanaes; Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde; Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina; Viva Comunidade.,13,A seleção da organização social é baseada em um cálculo que congrega melhor preço e qualidade dos serviços. Agora, uma Comissão de Seleção de OSs tem até 10 dias úteis para analisar as propostas. Ao final desse prazo, será anunciada a entidade vencedora para cada UPA.,13,
Fonte: Secretaria do Estado do Rio de Janeiro
,13,

O artigo foi útil para você?

Junte-se a mais de 20 mil colegas e receba as últimas notícias no seu e-mail.

Compartilhe