HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Novartis quer ser pólo de exportação

Publicidade

Com o objetivo de ser um dos pólos mundiais de exportação de medicamentos da Sandoz, divisão de medicamentos genéricos da Novartis, o laboratório investirá cerca de R$ 150 milhões até 2010 na expansão de sua fábrica na cidade paulista de Taboão da Serra que deve gerar em média 200 novos empregos. Com o projeto de expansão, a planta multiplicará por cinco sua atual produção anual de 1 bilhão de comprimidos. A produção adicional de medicamentos genéricos suprirá a Sandoz no atendimento da demanda do mercado externo. O número de empregados das linhas produtivas farmacêuticas da Novartis no Brasil terá um acréscimo de aproximadamente 200 pessoas nos próximos cinco anos. Contando os funcionários administrativos, força promocional e as linhas de produção, a Novartis emprega 2.750 pessoas no país. Com a expansão, as exportações brasileiras de medicamentos poderão ter um acréscimo significativo em cinco anos.

       
Publicidade

Deixe uma resposta