Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Novartis lança antibiótico que trata três tipos de infecções hospilares graves

Publicidade

A Novartis acaba de ingressar no mercado brasileiro de antibióticos com o lançamento de Cubicin® (daptomicina). O medicamento trata infecções hospitalares graves na corrente sanguínea (bacteriemia), no coração (endocardite) e de pele e partes moles, causadas por bactérias Gram positivas, entre elas o Staphylococcus aureus, responsável por cerca de um terço das infecções hospitalares no país.

Cubicin® é o primeiro a atuar indistintamente contra Staphylococcus aureus sensíveis ou não a meticilina (penicilina semisintética). Com essa propriedade, o medicamento permite o início do tratamento adequado no momento da manifestação do quadro de infecção, podendo solucionar o dilema terapêutico relacionado à necessidade da espera pelo resultado de exames laboratoriais para a definição de qual dos dois tipos de bactéria deverá ser combatido.

O primeiro antibiótico da Novartis apresenta menos efeitos colaterais que os demais medicamentos com a mesma aplicação, além de não ter resistência cruzada com outros antibióticos, minimizando a possibilidade de surgimento de resistência das bactérias.

Com esse antibiótico, a Novartis começa a atuar no mercado de agentes antimicrobianos, mais especificamente no segmento de antibióticos para o tratamento de bactérias Gram positivas multiresistentes, como MRSA, que tem grande potencial no Brasil e no mundo. No país, esse setor movimenta cerca de R$ R$ 230,91 milhões por ano.

Cubicin® é utilizado exclusivamente em ambiente hospitalar, por meio de infusão, uma vez ao dia.

Ficha Técnica

Produto: Cubicin® (daptomicina)

Indicação: tratamento de três tipo de infecções hospitalares causadas por bactérias Gram positivas – bacteriemia, endocardite e de peles e partes moles graves

Apresentações: 500 mg (frasco ampola)

Número do registro no Ministério da Saúde: 1.0068.1058

Preço do medicamento: R$ 317,03

SIC Novartis: 0800 888 3003

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta