Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Nova técnica de endoscopia no Samaritano

Publicidade

O Hospital Samaritano de São Paulo começa a trabalhar com um novo equipamento de endoscopia. Trata-se de uma cápsula endoscópica (foto) esenvolvida por cientistas israelenses para avaliar o intestino delgado. O novo método é indicado, principalmente, para casos de hemorragia intestinal de origem obscura, mas também auxilia no diagnóstico e tratamento de algumas doenças como: Crohn, celíaca, tumores, diarréias crônicas, pólipos e síndromes poliposas.

O aparelho é dotado de um sistema de transmissão de imagem sem fio e uma cápsula com dimensões de 26 x 11 milímetros e peso inferior a 4 gramas. São produzidas duas imagens por segundo, gerando mais de 50 mil fotos coloridas em um período aproximado de oito horas. O paciente não sente nenhum incômodo ou dor em decorrência da movimentação da cápsula pelo sistema digestivo, podendo exercer suas atividades diárias normalmente.

As imagens são transmitidas para um gravador preso à cintura do paciente e, posteriormente, são processadas por um programa de computador e analisadas pelo médico. A novidade foi obtida em parceria com o Instituto Paulista de Proctologia, Colonoscopia e Fisiologia S/C Ltda. “Este método não substitui a endoscopia tradicional. Com a colonoscopia se examina o cólon e parte do íleo terminal. A cápsula endoscópica permite ver com clareza o intestino delgado, uma região de difícil acesso até então”, afirma Dr. Pablo Rodrigo de Siqueira, endoscopista responsável pelo projeto do Hospital Samaritano de São Paulo.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta