Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Nova sede do Into no Rio deve ser inaugurada em agosto

Publicidade

Quase dois anos depois da previsão inicial de entrada em funcionamento, a nova sede do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) deve ser inaugurada em cerca de um mês. A nova data, anunciada nesta quarta-feira (13) à Agência Brasil pelo coordenador de unidade hospitalar do instituto, Naasson Cavanellas, é 19 de agosto.

De acordo com ele, a fase atual é de finalização da equipagem do novo prédio. O coordenador destacou que a mudança será gradativa e só no ano que vem a unidade estará em pleno funcionamento no novo endereço.

?Estamos nos últimos afazeres para equipar o hospital. A mudança vai acontecer de forma gradual, porque mudar um hospital de um lugar para outro é difícil e complicado. Pelo nosso planejamento, inicialmente vamos transferir os setores de ambulatório e de reabilitação. Em seguida e aos poucos vamos mudar o centro cirúrgico?, explicou.

Segundo Cavanellas, além de ocupar um novo espaço, o Into também vai adotar um conceito de atendimento mais moderno. O objetivo é que o paciente seja atendido e observado por uma equipe multidisciplinar, que vai além da ortopedia, incluindo psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, entre outros.

Para o coordenador de unidade hospitalar do instituto, a modificação vai resultar em um atendimento mais completo, que pode ampliar as possibilidades de diagnosticar corretamente os problemas dos pacientes e tratá-los de maneira mais eficaz. 

Ele ressaltou, no entanto, que para fazer toda essa estrutura funcionar com eficiência seriam necessários pelo menos mais 300 profissionais de diversas especialidades, como cardiologistas, endocrinologistas, neurologistas, pediatras e anestesistas. Mas, como não há previsão de concurso público, essas vagas teriam que ser preenchidas por meio de contratações temporárias.

?Vamos tentar negociar com o Ministério do Planejamento para estudar a possibilidade de também aumentar as remunerações, que ainda são ruins?, afirmou, acrescentando que para este tipo de contratação os médicos do Into recebem, atualmente, R$ 2.200 por uma jornada semanal de 20 horas.

Naasson Cavanellas informou que com as novas instalações deve triplicar o número de cirurgias e de consultas ambulatoriais. A quantidade de leitos também será duplicada, passando para 305, sendo 48 para Centro de Tratamento Intensivo. Além disso, os consultórios, que no endereço atual, na região central do Rio, somam 15, no novo prédio, serão 64.

O coordenador acredita que com essa ampliação no atendimento será possível reduzir um pouco a fila de pacientes que aguardam por uma cirurgia ortopédica, estimada em 20 mil pessoas de todo o país.

A nova sede do Into vai funcionar no edifício que, por três décadas, abrigou o Jornal do Brasil. O endereço é considerado estratégico porque está localizado na Avenida Brasil, uma das principais vias expressas da cidade, na zona portuária. 

O prazo de início de funcionamento do hospital era 2009. Mas, de acordo com a equipe do Into, houve imprevistos durante a reforma e atrasos na entrega de equipamentos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta