Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Nova opção de tratamento para o câncer gástrico

Publicidade

Um medicamento utilizado, com sucesso, no tratamento de câncer de mama, é capaz de aumentar o tempo de vida de pacientes com câncer gástrico. A conclusão é de um estudo realizado pelo professor Eric Van Cutsem, do Hospital Universitário Gasthuisberg, da Bélgica, e por centros de pesquisa de todo o mundo, incluindo o centro de pesquisa brasileiro do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Os pesquisadores comprovaram que o tratamento com Trastuzumabe (Herceptin) aliado à quimioterapia foi eficaz em casos de tumor de estômago avançado.

A nova opção de tratamento foi apresentada durante o 45º Encontro Anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), realizado entre os dias 29 de maio e 02 de junho em Orlando, nos Estados Unidos. “O professor Eric Van Cutsem demonstrou que em pacientes que apresentavam tumor de estômago avançado, com expressão da proteína HER-2, o tratamento com quimioterapia associado ao Trastuzumabe (Herceptin) aumentou o tempo de vida”, observa Dr. Fernando Meton, médico oncologista e gerente de pesquisa clínica da COI – Clínicas Oncológicas Integradas, que participou dos estudos pelo Inca.

Dr. Bruno Vilhena, médico oncologista da COI e do INCA que também participou do estudo e esteve presente no Congresso, frisa que o novo tratamento para câncer gástrico já foi anteriormente incorporado para pacientes com outro tipo de câncer, o que é comum em ensaios clínicos de tratamentos. “O Trastuzumabe é uma medicação que já foi incorporada ao t

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta