✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Nova esperança no tratamento de degeneração macular

Publicidade

Dr. Renato Braz, especialista do Inob, e mais 30 retinólogos de outros estados, participaram de evento científico que apresentou medicação eficaz para o tratamento da doença

Uma nova medicação promete revolucionar o tratamento da Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), doença atinge cerca de 300 milhões de pessoas no mundo, das quais cinco milhões são brasileiros. “Trata-se da principal causa de perda irreversível da visão em pessoas com mais de 65 anos, no ocidente”, alerta o oftalmologista Renato Braz, responsável pelo Departamento de Retina, Vítreo e Uveítes do Inob.

O lançamento do Lucentis ocorreu após anos de estudos científicos nos Estados Unidos e recebeu aprovação da Food and Drug Administration, agência reguladora americana, e da Anvisa, no Brasil. “Trata-se da primeira terapia desenvolvida especialmente para o tratamento neovascular da patologia”, afirma o especialista. A DMRI causa lesão na mácula, parte central e mais importante da retina, tendo como sintomas clássicos visão embaçada, distorção da imagem ou mancha preta na visão central.

Carla Furtado

AthenaPress | Unidade do Grupo Athena

(61) 3326 2066 e 8473 3509

athenapress@grupoathena.com.br

www.grupoathena.com.br

Atendimento à Imprensa: Bianca Torreão

       
Publicidade

Deixe uma resposta