Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

NEC do Brasil anuncia nova unidade de negócios

Publicidade

Integrar as soluções tradicionais de processamento de informações, com soluções em redes de comunicação e processamento avançado de imagens voz e biometria. É com este objetivo que a NEC do Brasil anunciou hoje a criação da nova Unidade de Negócios em Soluções de TI com foco em grandes clientes corporativos (financeiro, saúde e educação) e Governo (ministérios, secretarias estaduais e municipais, empresas públicas). A nova unidade vai oferecer aplicações baseadas em tecnologias da informação e redes IP. Segundo Paulo Castelo Branco, diretor presidente da NEC do Brasil, a nova unidade integra as estratégias e planos de crescimento da empresa, além de alinhar a subsidiária brasileira ao que já acontece com a NEC Corporation. ?A postura de integradora de soluções já é uma realidade do grupo em todo o mundo, a área movimento o ano fiscal da empresa, encerrado em março de 2004, cerca de US$ 20 bilhões, o que representa 42,7% do faturamento global da corporação?, afirma. A meta segundo o presidente é atuar em duas áreas: informação e comunicação. ?A NEC é uma das poucas empresas que têm esses dois braços bem estruturados?, observa.
No segmento da saúde, o objetivo é desenvolver inicialmente projetos para empresas de saúde privada, estendendo no segundo semestre para instituições públicas. Para Silvio Maemura, diretor da Unidade de Negócios de Soluções de TI para Corporações e Governo, a implantação desse tipo de projeto tecnológico, que inclui análise e identificação de necessidades, gerenciamento e implementação da integração da solução, engenharia e controle de qualidade de software, além da implementação de processos de mudanças, poderá ajudar centros hospitalares a melhor gerenciar sua administração, compartilhar recursos, reduzir custos e viabilizar o atendimento de pessoas em regiões distantes do País sem acesso aos médicos especializados dos grandes complexos hospitalares.
Segundo Maemura, a NEC já conquistou seu espaço em telecomunicações e pretende ampliar esse leque com as soluções de TI para sua base de 4 mil clientes. ?No segmento de gestão hospitalar não queremos apenas focar em soluções administrativas mas em sistemas que permitam compartilhar dados com a telemedicina e o PACS?, afirma.
Para reforçar a atuação no segmento, a NEC pretende buscar parcerias estratégicas com empresas que conheçam bem as necessidades de clientes, como a Microsoft, Oracle e HP. Na área da saúde a empresa se aliou a Fuji Film para o sistema de gestão hospitalar.
A parceria com a NEC Argentina também faz parte da estratégia de negócios da subsidiária brasileira. No ano passado a empresa desenvolveu o primeiro projeto na América Latina, da implantação da solução integrada e-Gov na Província de São Luis. A solução integrou cerca de 397 escolas, 62 instituições do governo, 110 departamento de polícia, 64 municípios e 160 unidades hospitalares, chegando num total de 900 instituições.

A expectativa da empresa para 2004 é promover a marca nos segmentos selecionados, consolidar casos de referência locais e fortalecer e ampliar as parcerias. Os investimentos no primeiro ano estão calculados em R$ 9 milhões, com expectativa de geração de negócios em R$ 50 milhões. A corporação no ano passado teve como resultado financeiro vendas líquidas em US$ 47,2 bilhões, com patrimônio líquido estimado em US$ 6,8 bi. Dentro das operações do grupo, as soluções em TI representam 42,7% do faturamento, seguidos por 26,2% em soluções de rede e 19% em componentes eletrônicos. A NEC do Brasil, no País desde 1968, teve faturamento de R$ 243 milhões no ano passado, com capital líquido de R$ 2 bilhões. A receita esperada para o ano está estimada em R$ 300 milhões.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta