Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Natal terá Instituto Internacional de Neurociências

Publicidade

O Ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral assinou na última sexta-feira, em Natal (RN), convênio com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que garante o investimento inicial de R$ 1 milhão para a implantação do Instituto Internacional de Neurociências, informa a Agência CT.
A meta, com o Instituto de Neurociências, é transformar a capital potiguar em referência mundial em estudos do cérebro. ?A liberação desse recurso é um passo importante porque vai viabilizar a realização dos projetos de arquitetura, engenharia e organização da estrutura gerencial e do projeto?, explicou o reitor da UFRN, José Ivonildo do Rêgo.
Segundo o reitor, o Ministério da Educação, por meio da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), também repassou R$ 1 milhão para ajudar no início da obra. O custo do projeto está orçado em R$ 20 milhões.
O anúncio da liberação dos recursos foi aplaudido pelos empresários da região, durante almoço na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). O Ministro Amaral destacou que a decisão de apoiar a implantação do projeto em Natal faz parte da política do MCT de desconcentração dos investimentos em C&T. Segundo ele o projeto também irá contribuir para reduzir as diferenças regionais.
?O Instituto também irá atrair pesquisadores brasileiros que foram para o exterior e não retornaram por falta de centros de excelência em suas regiões?, disse o ministro.
No encontro com os empresários, Amaral reforçou a importância da parceria entre empresa e universidade. ?Estamos criando no CNPq uma linha de pesquisa que poderá ser desenvolvida pelos alunos universitários em estágio dentro das empresas. E por meio da Finep estamos abrindo uma linha de inovação que repassa recursos às secretarias estaduais para o financiamento de micro e pequenas empresas capazes de inovarem?, exemplifica. O ministro citou os programas Criatec e Rede Brasil de Tecnologia do MCT como iniciativas essenciais de incentivo ao desenvolvimento tecnológico da indústria brasileira.
A solenidade de assinatura do convênio foi realizada durante o seminário ?O Desenvolvimento do Nordeste ? Integração entre as Políticas de C&T e Desenvolvimento Regional?, promovido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, que acontece no campus da UFRN.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta