Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

MP define transferências interhospitalares do Samu

Publicidade

Terminou na quinta-feira 18 o prazo de 15 dias que o Ministério Público determinou para que planos de saúde e hospitais cumprissem o custeio da transferência interhospitalar de seus respectivos clientes, o que estava sobrecarregando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no Rio Grande do Norte.
O serviço recorreu a resolução 13 do Conselho de Saúde Suplementar (Consu), através do MP, para que tal medida fosse colocada em prática. Caso o Samu emita qualquer tipo de reclamação nesse âmbito, os planos de saúde podem vir a pagar multas.
O Samu está proibido de realizar transferências interhospitalares de pacientes de planos de saúde e hospitais particulares. A exceção existe apenas em casos extremos ou onde um paciente precisar de UTI e não ter este serviço.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta