Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Mortes por doenças crônicas diminuem 17% em onze anos

Publicidade

As mortes por doenças crônicas caíram 17% no Brasil entre 1996 e 2007, de acordo com dados divulgados hoje (14) pelo Ministério da Saúde. O grupo, que representa 67% do total de mortes em todo o país, inclui doenças cardiovasculares, respiratórias, neoplasias e o diabetes.
Dados do estudo Saúde Brasil 2009 revelam que a maior redução de óbitos foi registrada entre doenças respiratórias como o enfisema pulmonar e a asma, com queda média foi de 2,8% ao ano. Um dos fatores apontados pela pasta é a diminuição do tabagismo no país.
De 1898 a 2009, o percentual de fumantes na população brasileira caiu de 35% para 16,2% – índice menor do que os registrados em países como a Argentina (35%) e os Estados Unidos (40%).
As doenças cardiovasculares, consideradas a principal causa de morte no Brasil, apresentaram uma redução média de 2,2% ao ano entre 1996 e 2007. Apenas em 2007, 308 mil pessoas morreram vítimas desse tipo de enfermidade.
Além da redução do tabagismo, o ministério cita como fatores positivos para este resultados o maior nível de instrução da população, políticas de prevenção e a promoção de uma alimentação mais saudável, além do estímulo à atividade física.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta