Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Mortalidade por Aids em SP é reduzida em 56,5%

Publicidade

Um último levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde sobre a mortalidade dos portadores de HIV aponta que o número caiu cerca de 56,5%. A taxa se refere ao período de 1995 a 2006. Segundo o balanço, houve 7.739 óbitos por Aids em 1995 contra 3.363 no ano passado. A Taxa de Mortalidade pela doença caiu de 22,9 óbitos por 100 mil habitantes em 1995 para 8,3 óbitos por 100 mil em 2006.
Uma das razões para a queda da mortalidade entre os pacientes HIV positivos foi a introdução dos anti-retrovirais mais potentes, ocorrida em 1996. Segundo a Secretaria, houve um pico da epidemia em ambos os sexos em 1998, com um total de 11.955 casos notificados. Em 2005, foram notificados 6.258 casos de Aids, o que representa uma queda de quase 50% em números absolutos em relação a 1998. Dos 645 municípios do Estado de São Paulo, 621 (96,3%) tiveram pelo menos um caso de Aids desde o início da epidemia.
Em 2005 a maior incidência de casos notificados esteve na faixa etária de 30 a 39 anos. Já o Estado de SP, a epidemia de Aids vem diminuindo nas faixas etárias mais jovens, especialmente entre 15 a 19 anos. A taxa caiu de 9,8 casos (por 100 mil habitantes), em 1991, para 5,8 casos (por 100 mil habitantes) em 2005.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta