Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ministério da Saúde fecha acordo com Banco Mundial para combater aids

Publicidade

O Banco Mundial e o governo brasileiro fecharam um acordo para ampliar as ações de combate e tratamento da aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis no país. O contrato prevê o empréstimo de US$ 67 milhões do banco, o que equivale a R$ 127 milhões.
Os recursos serão destinados ao Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde que pretende ampliar o acesso aos serviços de prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças.
De acordo com o diretor adjunto do departamento, Rui Burgos, a intenção é investir em projetos que possam melhorar a vida das pessoas que infectadas pelo vírus HIV/aids e portadoras de doenças sexualmente transmissíveis.
“Os recursos serão usados para reforçar os aspectos de governança, aprimorar as políticas específicas para aids, doenças sexualmente transmissíveis, Hepatite e para melhorar a qualidade de vida das pessoas mais vulneráveis que convivem com as doenças”, disse.
Além do empréstimo, o governo também deve investir de R$ 252 milhões nas ações do departamento. “A nossa previsão é que o empréstimo saia em setembro, mas ainda falta aprovação do Senado. O pagamento será feito em oito parcelas semestrais”, declarou Burgos.
Ainda segundo ele, desde 1993 o Banco Mundial tem firmado acordos com o ministério. Cerca de US$ 500 milhões já foram repassados em quatro empréstimos.
De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 630 mil pessoas são portadoras do vírus HIV/aids no Brasil.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta