Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ministério da Saúde destina R$ 13 milhões para pesquisa com células-tronco

Publicidade

Totalmente financiado pelo Ministério da Saúde, o estudo sobre a eficácia das células-tronco no tratamento de doenças graves do coração, completou esta terça-feira (05/07) mais uma fase. Dois pacientes do Estado do Paraná se submeteram ao procedimento. Ao todo, o estudo vai envolver 33 instituições em nove estados e no Distrito Federal. Cerca de 1.200 pacientes foram divididos em quatro grupos, e os grupos foram subdivididos em um grupo de controle, que receberá placebo (solução inócua, sem efeito) e outro de teste, que receberá as células-tronco. Após esses testes, os grupos serão comparados e, caso seja comprovada a eficácia da terapia, o novo tratamento poderá ser imediatamente disponibilizado no Sistema Único de Saúde (SUS).
O SUS poderá economizar até R$ 500 milhões por ano com transplantes, internações, cirurgias e reinternações de pacientes com doenças no coração. Será possível também salvar 200 mil vidas em três anos e reduzir o custo do tratamento desses pacientes para aproximadamente R$ 37 milhões por mês.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta