✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Ministério da Saúde avalia novo exame para detectar câncer de mama

Publicidade

Especialistas da Fundação Oswaldo Cruz, do Instituto Nacional do Câncer e Instituto Fernandes Figueira da Fiocruz, estão avaliando o Breastcare, um exame descartável para diagnóstico de câncer de mama, criado nos Estados Unidos. O exame está sendo testado em 100 pacientes e o número deve ser ampliado para 300. Se aprovado, o Ministério da Saúde poderá adquiri-lo para distribuição na rede pública de saúde. O preço por unidade do exame é de R$ 40, informa a Agência Brasil.
O Breastcare funciona de forma simples, verificando a temperatura da mama por meio de dois discos. Quando um tumor está se formando há um amior afluxo de sangue, aumentando a temperatura do seio. Ele não substitui a mamografia ou o ultrasom mas no caso de alterações, a partir deste primeiro exame, o médico pode encaminhar a paciente para prosseguir a investigação.
O novo exame vai beneficiar principalmente as mulheres que moram longe das grandes cidades, pois pode ser levado para qualquer parte do País. Basta acondicioná-lo em um isopor com uma temperatura mínima de 25 graus. O material pode seguir de ônibus ou barco para os Estados da região amazônica, por exemplo, podendo detectar preconcemente o câncer de mama.
No Brasil, todo ano são registrados 40 mil novos casos de câncer de mama e a morte de dez mil mulheres vítimas da doença. O exame clínico da mama e a mamografia são as formas mais eficazes para detecção precoce da doença, mas apenas 10% das cidades brasileiras possuem equipamento de mamografia.

       
Publicidade

Deixe uma resposta