✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Ministério da Saúde estuda o uso de robôs no SUS

Publicidade

O Ministério da Saúde está discutindo investimentos para a implementação de tecnologia robótica no Sistema Único de Saúde (SUS). Marco Fireman, Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos visitou o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília, para analisar o uso de robôs em cirurgias.

O projeto tem como finalidade estudar a fundo o uso da tecnologia para tornar os procedimentos mais precisos, eficientes e menos invasivos. Caso seja aprovado, entrará em fase de instalação para ser testado por um período de aproximadamente três anos.

Em comunicado Fireman destacou que trata-se de um projeto ousado e importante, e no momento os esforços estão voltados em introduzir a robótica em fase experimental de pesquisa para realizar uma avaliação de desempenho no SUS, e assim verificar os benefícios para então compreender se é possível ampliar o investimento futuramente para outros hospitais.

No momento, o Ministério da Saúde concede incentivos fiscais, através dos Programas de Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS) e Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) que é realizado por entidades filantrópicas credenciadas ao SUS para o desenvolvimento de projetos que façam uso da tecnologia robótica. Além disso, o governo federal investe também em dois programas em São Paulo um no Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp) e outro no Instituto Nacional de Câncer (Inca).

O uso da robótica para esse tipo de procedimento é uma prática consolida, especialmente em países desenvolvidos. No Brasil, se o governo apoiar a proposta que está sendo elaborada pelo HRAN, está será a primeira vez que o Centro-Oeste será contemplado por esse tipo  de tecnologia.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta