Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ministério amplia rede do SAMU/192 com 24 ambulâncias

Publicidade

O Ministério da Saúde habilitou 24 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU/192), ampliando a assistência em urgência e emergência em seis estados do país: Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A estratégia é reforçar a rede de atendimento pré-hospitalar para desafogar a demanda nas portas dos hospitais.
Os 24 municípios beneficiados com as unidades do SAMU/192 passam a receber o incentivo de R$ 12,5 mil por mês, para a manutenção de cada um dos veículos doados pelo Ministério, conforme portaria publicada no Diário oficial da União nesta segunda-feira (28).
O total do repasse que o governo federal vai destinar para a manutenção dessas ambulâncias será de R$ 3,6 milhões por ano. O investimento na compra dos veículos, que já são entregues equipados, foi de R$ 2,94 milhões. Segundo comunicado do Ministério, a transferência dos valores se dá diretamente do Fundo Nacional de Saúde para os respectivos fundos municipais de saúde.
Todas as unidades são de Suporte Básico, sendo que 11 serão destinadas para o Rio Grande do Sul, seis para Santa Catarina, três para Goiás, duas para Alagoas, uma para Pernambuco e outra para Mato Grosso. As Unidades de Suporte Básico (USB) são equipadas com oxímetro portátil, desfibrilador externo automático e aspirador.
Confira a lista dos municípios beneficiados:
Dom Pedrito/RS Fraiburgo/SC
Gravataí/RS São Carlos/SC
Piratini/RS Meleiro/SC
São Gabriel/RS Águas Mornas/SC
Serafina Corrêa/RS Itapoá/SC
Taquari/RS Catalão/GO
Rodeio Bonito/RS Doverlândia/GO
São Francisco de Paula/RS Piranhas/GO
São José do Ouro/ RS Joaquim Gomes/AL
São Sepé/RS Coruripe/AL
Trindade do Sul/RS Ibirajuba/PE
Santa Cecília/SC Campo Verde/MT
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta