Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Mercado interno de software está aquecido, aponta pesquisa do IBGE

Publicidade

Segundo a Pesquisa de Serviços de Tecnologia da Informação (PSTI), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor de software está em crescimento no país. Em 2009, a receita bruta das empresas de Tecnologia da Informação (TI) totalizou R$ 39,4 bilhões, e a produção nacional de software alcançou R$ 13 bilhões, equivalente a 33,1% da receita de serviços de informática.

A análise, que mensurou a oferta de serviços de TI no Brasil, investigando 2.008 corporações com 20 pessoas ou mais ocupadas, aponta ainda que 43% da receita bruta dessas empresas se concentram em três produtos/serviços: desenvolvimento e licenciamento de uso de software personalizável no país (14,9%), consultoria em sistemas e processos de TI (14,1%), e software sob encomenda para projeto e desenvolvimento integral e parcial (14%).

As empresas investem, em média, 6,7% da sua receita em TI. Entre os setores que mais investem em tecnologia estão o financeiro, representado pelos bancos, que investiram aproximadamente 12,2% de seu faturamento em 2010, e o de serviços, que aplicaram 9,5% de seus resultados.*

Na área de saúde, que é do setor de serviços, segundo a empresa de consultoria International Data Corporation (IDC), em 2010, os gastos globais em TI aumentaram 6,2%, em comparação com 2009. Isso mostra que os hospitais, clínicas, laboratórios e planos de saúde investem cada vez mais em soluções de gestão hospitalar, garantindo a ampliação do acesso, um atendimento rápido, integrado e humanizado aos pacientes.

Para Paulo Porto, diretor Comercial da Wareline, empresa especializada em desenvolvimento de sistemas de gestão hospitalar, o investimento em TI melhora os processos de um hospital, gerando bases de informações integradas e controle de materiais e medicamentos. “Investir nesse tipo de tecnologia ajuda a reduzir os custos, diminuir o desperdício de recursos e ampliar os atendimentos das instituições de saúde”, afirma Paulo.

* 22ª Pesquisa Anual do Uso de Informática do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (GVcia da FGV-EAESP).

Sistema Wareline
A Wareline oferece um sistema de gestão hospitalar abrangente, com 42 módulos. Entre os serviços estão Gestão Integrada de Saúde (GIS), Hospital Online, Gestão de Saúde Pública, Faturamento SUS, Planos de Saúde, Engenharia Clínica e Auditoria Hospitalar.

Sobre a Wareline
Criada em 1989, a Wareline é uma empresa especializada em desenvolvimento de sistemas de informatização hospitalar, que oferece integração e automatização das partes operacionais e financeiras das instituições de saúde. As soluções e serviços da Wareline garantem aos clientes qualidade nos sistemas e expertise junto aos órgãos públicos e privados com os quais têm interface. Atuando no mercado nacional, a empresa atende mais de 250 instituições, entre hospitais universitários, filantrópicos, particulares e redes municipais distribuídos nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Piauí, Paraíba e Espírito Santo. Saiba mais em http://www.wareline.com.br.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta