HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.600 profissionais! Clique aqui

Medtronic cresce 5% e tem faturamento global de quase US$ 30 bi

Publicidade

A empresa anuncia faturamento global de US$ 7,916 bilhões no quarto trimestre, um aumento de 5% sobre os US$ 7,567 anunciados no quarto trimestre do ano fiscal de 2016. A conversão de câmbio de moeda estrangeira teve impacto negativo de US$ 37 milhões no faturamento do quarto trimestre. Conforme anunciado, o lucro líquido e a LPA (lucro por ação) diluída GAAP do quarto trimestre foram de US$ 1,163 bilhão e US$ 0,84, respectivamente. Conforme detalhado nas agendas financeiras incluídas via link ao final deste texto, o lucro líquido e a LPA diluída não GAAP do quarto trimestre foram US$ 1,836 bilhão e US$ 1,33, um aumento de 2% e 5%, respectivamente.

O faturamento de US$ 4,403 bilhões nos Estados Unidos representou 56% da receita da empresa e aumentou 4%. Os mercados desenvolvidos não EUA tiveram faturamento de US$ 2,452 bilhões e representam 31% da receita da empresa, com aumento de 2%, ou 4% com base em câmbio constante. Mercados emergentes tiveram faturamento de US$ 1,061 bilhão, representando 13% da receita da empresa e aumento de 11%, ou 10% com base em câmbio constante.

 O faturamento do ano fiscal de 2017 da Medtronic foi de US$ 29,710 bilhões, um aumento de 3% ou aproximadamente 5% em bases de moeda e câmbio semanal constantes. A conversão de câmbio de moeda estrangeira teve impacto negativo de US$ 34 milhões na receita do ano fiscal de 2017. O primeiro trimestre do ano fiscal teve 13 semanas, uma a menos que o primeiro trimestre do ano fiscal de 2016. A semana extra acontece a cada seis anos, como resultado do calendário fiscal da empresa de 52-53 semanas. Embora seja difícil calcular com precisão o impacto exato da semana extra, a empresa estima que o resultado seja de aproximadamente US$ 450 milhões de acréscimo ao faturamento e de US$ 0,08 a 0,10 de acréscimo ao LPA diluído não GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal anterior. Como anunciado, o lucro líquido do ano fiscal de 2017 foi de US$ 4,028 bilhões, ou US$ 2,89 por ação diluída. Conforme detalhado no link ao final deste texto, o lucro líquido e o LPA diluído não GAAP foram de US$ 6,395 e US$ 4,60, representando aumentos de aproximadamente 8 a 9% e de 11 a 12%, respectivamente, em bases de moeda e câmbio semanal constantes.

 “Nossos resultados do quarto trimestre foram um encerramento de peso para o ano fiscal, com crescimento diversificado e balanceado por todos os nossos grupos e regiões”, diz Omar Ishrak, presidente e CEO da Medtronic. “O ano fiscal de 2017 foi sólido como um todo para a Medtronic. Nós apresentamos receita recorde, fizemos progresso em cada uma de nossas estratégias de crescimento, executamos nossos compromissos de custos em sinergia com a Covidien, geramos forte fluxo de caixa e empregamos nosso capital em linha com nossas prioridades determinadas, balanceando o retorno de dinheiro aos nossos acionistas com o reinvestimento disciplinado em nossos negócios.”

       
Publicidade

Deixe uma resposta