💼 HIS17 Ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirma presença no encerramento. Emita sua credencial gratuita

Médicos exigem demissão do diretor do Emílio Ribas

Publicidade

A demissão do diretor superintendente do Hospital Emílio Ribas, Sebastião André de Felicce está sendo exigida pelos médicos da instituição. O principal motivo alegado em assembléia geral é que nos últimos três anos, a administração do hospital tem sido conduzida de maneira caótica e desesperadora. O Sindicato dos Médicos de São Paulo (SIMESP), solidarizando-se aos médicos e demais funcionários do hospital, encaminhará ao superintendente uma análise criteriosa sobre as ?péssimas condições de funcionamento?.
O Hospital Emílio Ribas está com 32% das salas destinadas ao atendimento ambulatorial e 30% dos leitos desativados, reduzindo em um terço a disponibilidade de atendimento a população.

       
Publicidade

Deixe uma resposta