Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Médicos do ABC deixam de atender planos de saúde

Publicidade

Médicos do Grande ABC Paulista decidiram em assembléia, que a partir do dia 10 de maio, será suspenso o atendimento a um grupo de planos de saúde que atuam na região, caso não ocorra um acordo até lá. O movimento atinge somente as operadoras, uma vez que os usuários terão assegurado o direito à assistência médica. A orientação é que os médicos não aceitem as guias dos planos de saúde. Os usuários receberão recibo para ressarcimento do valor das consultas e demais procedimentos. As empresas que terão o atendimento suspenso são: Coop Saúde, Ômega, Classes Laboriosas, Avicena, Cigna Saúde, Royal Saúde, Interclínicas, Itálica, Medial, Medicol, Sim, Seisa, Green Line, Intermedice, Life Empresarial, Multicare, Santa Amália, Sermed, Universo Saúde, Intermédica, Di Thiene, Golden Cross, Blue Live, Santa Helena, Amesp e Saúde ABC.
Segundo os médicos, esse desfecho é fruto do descaso das empresas de planos de saúde em relação às demandas da classe médica e às necessidades dos pacientes quanto à melhoria do atendimento.
Desde fevereiro os médicos da região do ABC reivindicam a adoção da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) como parâmetro de remuneração digna, além de melhorias nas condições de trabalho. No entanto, das 31 operadoras que compõem o primeiro grupo escolhido para iniciar a rodada de negociações, apenas cinco se dispuseram a dialogar, mas não propuseram nenhuma medida efetiva. As demais não deram retorno. Fazem parte desse grupo operadoras que pagam os menores honorários, entre R$ 8 e R$ 21,60.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta