Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Médicos dão dicas para aproveitar o Carnaval sem culpas – Parte 3

Publicidade

Álcool e Doenças do Fígado – Abuso e dependência alcoólica estão entre os mais graves problemas de saúde pública. Estima-se que, em países industrializados, um em cada 13 adultos tenha algum tipo de problema em decorrência do consumo excessivo de álcool.

No Carnaval, ocorre aumento importante no consumo de bebidas alcoólicas. O uso abusivo de álcool, nesta época do ano, pode levar a quadros de intoxicação alcoólica, caracterizada por náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal, desorientação e mesmo coma, cuja intensidade é proporcional a quantidade de álcool ingerida.

A importância do sono – São praticamente cinco dias de festa. Agito que dura a noite inteira. Todavia, é importante ter um tempinho para descansar. O sono é fundamental para quem quer aproveitar esses dias sem comprometer a saúde.

“Além do descanso mental e físico, durante o sono ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, podem afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, em longo prazo. Estudos provam que quem dorme menos do que o necessário está mais propenso a infecções e doenças como obesidade, hipertensão e diabetes”, informa o neurologista, José Antônio Carneiro.

Prevenindo traumas ortopédicos – No Carnaval, em meio a tanta euforia, aumenta a ocorrência de acidentes com lesões ortopédicas. Muitas vezes, devido ao uso de calçados inadequados para a folia.

A dica do ortopedista José Geraldo é usar sapatos confortáveis. “Salto alto não combina com a folia”.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta