Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Medicina Nuclear arca com mais de R$ 3 milhões em prejuízo

Publicidade

Desde o início do ano, os serviços de Medicina Nuclear estão prejudicados devido a nova tabela de procedimentos apresentada pelo Ministério da Saúde e pela Comissão Nacional de Energia Nuclear, com reajustes de 70% no valor dos insumos radiotivos. Atualmente, estes serviços estão arcando com prejuízo, que ultrapassa R$ 3 milhões, na realização de exames feitos por pacientes do Sistema Único de Saúde.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique aqui
A Sociedade Brasileira de Biologia, Medicina Nuclear e Imagem Molecular (SBBMN), representante de todos os profissionais do país que atuam em Medicina Nuclear, atualizou a tabela de procedimentos com base no impacto dos reajustes dos insumos radioativos e apresentou ao SUS antes do aumento, mas até agora o Ministério da Saúde não aprovou a nova tabela.
Há 1 mês, em entrevista ao portal SBW, na matéria ?SUS pode ficar sem exames de Medicina Nuclear”, o presidente da SBBMN, José Soares Júnior, explicou todo o processo da sociedade em tentar reverter a situação. Relembre!

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta