5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

Medicina de precisão: um novo olhar sobre o paciente

Publicidade

Até pouco tempo, na medicina tradicional, um paciente diagnosticado com câncer de pulmão, por exemplo, seria direcionado para uma conduta médica padrão, adotada para todos os casos da doença. Entretanto, nos últimos anos, a ciência vem passando por grandes evoluções no campo da genética, que permitem uma conduta personalizada na prevenção e no tratamento de patologias.

No Brasil, o Grupo Hermes Pardini já utiliza essa abordagem com a criação da Medicina Precisão: uma unidade de negócios que combina influências ambientais, bioinformática e informações individualizadas dos pacientes para maior eficiência médica. Trata-se do uso da genética, epigenética, exposição ambiental e outras variáveis para determinar padrões específicos dos pacientes. Na prática, a Medicina de Precisão visa a tratar a saúde do paciente de maneira exclusiva, individual, levando em conta todo o seu histórico e analisando cada caso em relação a dados clínicos, genéticos e estilo de vida.

Explicando melhor, o teste genético irá indicar a sugestão adequada de resistência ou suscetibilidade a determinado tipo de tratamento e medicamento, além de possibilitar uma agilidade na orientação clínica, com um resultado mais rápido e preciso. O modelo tem sido utilizado, essencialmente, para as áreas de Oncologia, Neurociência, Cardiologia e Bem-estar, além de possibilitar o Aconselhamento Genético, permitindo o prognóstico e a prevenção de doenças genéticas, e o sequenciamento do Exoma, que possibilita uma varredura do DNA de uma pessoa, analisando de forma simultânea os éxons de aproximadamente 22.000 genes utilizando a tecnologia de sequenciamento de nova geração – NGS. Este exame é capaz de analisar de forma simultânea, aproximadamente 93 a 97% de todos os genes relacionados às questões médicas.

Um exemplo do pioneirismo do Hermes Pardini na área é o exame Personna Onco, que realiza a análise genética do paciente, permitindo uma conduta personalizada, adequada a cada caso.  A partir de uma biópsia, é realizada uma análise morfológica que permite detectar de forma simultânea mutações em mais de 52 genes associados a tumores. O exame  possibilita não só o diagnóstico, mas pode apontar possibilidades de tratamento, medicamento e abordagem totalmente personalizada para cada pessoa. Se o paciente tiver, por exemplo, câncer de pulmão, o médico não irá seguir o protocolo universal. Ele irá entender como está o genoma do tumor e quais as mutações somáticas encontradas. Comparado a tudo o que temos disponível hoje no Brasil, esse teste é o mais completo no diagnóstico e sugestão de tratamento de tumores. Por se tratar de uma conduta individualizada, ele ainda ajuda a impedir a recorrência da doença. O custo-benefício se destaca dos demais.

O modelo de Medicina de Precisão adotado pelo Hermes Pardini envolve uma equipe altamente qualificada e preparada para acolher todas as inovações na área. A área de Pesquisa & Desenvolvimento do Pardini é formada por bioquímicos, farmacêuticos, biólogos, geneticistas e bioinformatas e concentra todos os esforços em prol do avanço constante da medicina diagnóstica, cada vez mais preciso. Oferecemos as condições ideais para que os pesquisadores atuem com foco na inovação.  Hoje, a marca Hermes Pardini é reconhecida também como um centro de pesquisa para a medicina diagnóstica. Além disso, todos os exames da Medicina de Precisão estão disponíveis nos mais de 5,4 mil laboratórios parceiros do Pardini em todo o Brasil, democratizando essa nova tecnologia em saúde e possibilitando amplas oportunidades aos pacientes de receberem tratamentos adequados.

Em resumo, a Medicina de Precisão é muito mais do que um negócio. É uma ferramenta que pode significar a sobrevida para os clientes e até mesmo a resolução dos casos mais complexos. Uma abordagem mundial, um caminho sem volta, que os laboratórios com visão de futuro – e aqui afirmo já ser uma visão do presente – precisam trilhar.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta