Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Mais 12 hospitais participam do projeto com infratores

Publicidade

O programa de resgate da cidadania de infratores da Secretaria de Estado da Saúde em parceria com o Ministério Público, acaba de incluir mais 12 hospitais estaduais no projeto. O ‘Programa de Prestação de Serviço à Comunidade’ recebem pessoas que cometeram infrações leves e as colocam para trabalhar em hospitais estaduais. O infrator passa por uma entrevista com um assistente social da instituição onde tem uma avaliação de suas habilidades e de seu perfil psicológico. Só então ele é encaminhado para o setor do hospital que melhor se enquadre à sua capacidade.
Na maioria dos casos, o infrator é colocado em trabalhos administrativos ou de recepção. O serviço pode ser prestado uma vez por semana durante no máximo um ano, dependendo da punição aplicada pela Justiça a cada infrator.
Os novos hospitais que passam a integrar o projeto são: Hospital e Maternidade Leonor Mendes de Barros, Hospital Geral de Guaianazes, Hospital Geral de Taipas, Hospital Psiquiátrico Pinel, Hospital Regional ? Assis, Hospital Regional ? Osasco, Hospital Guilherme Álvaro ? Santos, Hospital Nestor Goulart Reis – Américo Brasiliense, Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti – Mogi das Cruzes, Hospital Estadual ? Mirandópolis, Hospital Geral – Itapecerica da Serra e Hospital Regional do Vale do Ribeira ? Taubaté.
O projeto nasceu no Hospital do Mandaqui e ganhou força no fim de 2003 quando foram introduzidos outros 10 hospitais.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta