HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Magnamed fecha 2016 com crescimento de faturamento de 84%

Publicidade

A Magnamed, empresa brasileira voltada para o mercado de cuidados intensivos e especializada em ventilação pulmonar, fechou o ano de 2016 com crescimento de faturamento de 84%. O faturamento da companhia alcançou R$ 34 milhões. Para o CEO da empresa, Wataru Ueda, os bons números de 2016 foram conquistados com estratégias focadas, como ampliação da rede de representantes comerciais, que passaram a tratar diretamente com os clientes.

O mix de produtos, que alia alta tecnologia e agilidade, sempre atendendo às reais necessidades dos clientes, também fez toda a diferença. “Conseguimos otimizar o atendimento de UTI e emergência oferecendo, em toda a nossa linha, produtos que ventilam desde neonatos até idosos, bastando que o socorrista ou médico selecione uma das opções de perfil de paciente. Após a escolha, o equipamento faz toda a configuração do padrão respiratório necessário, economizando preciosos minutos para serem usados em outras ações tão importantes para o salvamento daquela vida”, ressalta Ueda.

No mercado nacional o destaque de vendas foi o ventilador pulmonar estacionário FlexiMag Plus. Produto de altíssima qualidade, o equipamento atende a todas as necessidades das UTIs brasileiras. “O produto se mostrou altamente confiável e com muita tecnologia à disposição dos profissionais dos centros de tratamento intensivo”, afirma Ueda.

Já o aumento de vendas no exterior teve como principal protagonista o ventilador de transporte OxyMag. O equipamento também permite uma usabilidade simples e prática, com o diferencial de que, em um único equipamento, é possível ventilar desde neonatos até idosos.

Hoje mais de 50 países na Europa, América Latina, África e Oriente Médio já utilizam a tecnologia da Magnamed em centros médicos e unidades de transporte de emergência. Em 2016 entraram para a carta de clientes da empresa oito países: Costa do Marfim, Costa Rica, Macedônia, Moçambique, Nepal, Quênia, Vietnã e Zimbábue.

“O ano de 2016 foi de grandes desafios para todos os brasileiros. Nós conseguimos superar os obstáculos com crescimento devido à nossa equipe, desde a montagem até o comercial, que não mede esforços para atender às necessidades e expectativas dos nossos clientes. Esse é um dos nossos grandes diferenciais”, conclui Ueda.

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta