Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

JP Tech lança dispositivo para identificação do choro do bebê

Publicidade

A JP Tech está comercializando no Brasil um aparelho que identifica o motivo do choro dos bebês. Batizado de vovó eletrônica, o produto foi desenvolvido para desempenhar o papel de avó, que geralmente tem mais experiência e entende melhor as expressões da criança, no auxílio aos pais (principalmente os de primeira viagem). A vovó eletrônica registra o choro do bebê, e depois de 20 segundos indica o provável motivo do choro, que pode ser fome, sono, aborrecimento ou manha, stress ou dor. O choro agudo é interpretado como fome, e neste caso o aparelho sugere alimentar a criança. Quando o choro é manhoso, a constatação é de aborrecimento, e o conselho é fazer carinho no bebê.
Choro de lamento é idenficado pela vovó eletrônica como sono, e a receita é deixar o bebê quietinho no escuro. Se o choro é contínuo, pode ser sinal de stress, e o dispositivo indica soluções como dar um passeio, por exemplo. Nas situações de gemido seguidos de longos gritos, o aparelho interpreta sinais de dor. A solução é consultar o pediatra.
A vovó eletrônica foi desenvolvida pelo engenheiro espanhol Pedro Monagas, para lidar melhor com o choro de seu próprio bebê. O trabalho levou três anos de pesquisa, período em que o engenheiro gravou o choro de seu filho e de mais 150 crianças. A identificação baseou-se na análise de timbres, tons, períodos e incidências de cada um. O resultado foi organizado em um gráfico e comparado às necessidades do bebê com a ajuda de um pediatra. O dispositivo foi testado em 2,4 mil crianças nos Estados Unidos, com 98% de acerto.
Paulo Roberto de Rugiero, diretor da JP Tech, que distribuirá o produto no Brasil, afirma que a expectativa é vender cerca de 1,2 mil unidades da vovó eletrônica até o final do ano. O produto está disponível nas lojas virtuais Americanas, Submarino, Extra e Kids4, com preço sugerido de R$ 389.
Maiores informações: JP Tech (11) 3733-9545 e (11) 3733-9743

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta