Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

INVESTIR NA SAÚDE MERECE ALGUNS CUIDADOS

Publicidade

Quando se fala de saúde a atenção deve ser redobrada. Na hora de contratar aquele plano de assistência médica então é preciso se precaver com algumas atitudes. A recomendação é, antes de mais nada, verificar se a empresa com a qual está fechando acordo tem registro na Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS.

Para se ter uma idéia, segundo a ANS, metade das operadoras de saúde não possui autorização de funcionamento por conta de problemas financeiros. São cerca de 15 milhões de brasileiros atendidos por quase duas mil operadoras sem o registro definitivo. Isso significa que essas empresas, não necessariamente, seguem os padrões, normas e qualificações estabelecidas pela Agência na promoção da saúde.

“Para os clientes, o registro na ANS representa segurança e assistência de qualidade, isso porque as empresas devem atender à requisitos legais, como a constituição de garantias e possuírem uma organização administrativa compatível com as necessidades dos seus clientes”, afirma Claudio Safadi, Diretor Técnico do Clube Aliança, uma das maiores administradoras de planos de saúde do Centro-Oeste registrada na ANS.

Segundo o diretor, o Clube Aliança está totalmente enquadrado nas regulamentações das normas do órgão regulador e, com isso, garante o cumprimento dos acordos fechados, a execução das cláusulas contratuais, além de representar o interesse dos beneficiários finais.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta