Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Internacional: Ministério da Saúde do México respalda projeto de Lei do Direito à Morte Digna

Publicidade

O ministro da Saúde do México, José Angel Cordova, declarou-se favorável à legalização do projeto de Lei do Direito à Morte Digna, proposto pelo Partido de la Revolución Democrática (PRD). A eutanásia passiva, com foi apresentada ao Senado, permitirá ao paciente decidir sobre o prolongamento artificial de sua vida em condições terminais.
O projeto prevê a criação de comitês de bioética em cada hospital para discutir os casos individualmente, a expressão da vontade antecipada, para que o paciente solicite ou não esforços adicionais para mantê-lo com vida e o testamento em vida, para que a decisão não seja tomada pelos familiares.
A proposta garante que os pacientes que não quiserem o prolongamento artificial da vida receberão cuidados como apoio nutricional, hidratação, antibióticos e transfusões, mesmo que não tenham efeito para melhorar seu quadro clínico.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta