Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Incor desenvolve aparelho que monitora o nível de glicose

Publicidade

O Incor (Instituto do Coração) do Hospital das Clínicas de São Paulo acaba de desenvolver um equipamento que permite informar a taxa média de glicose de pacientes internados a cada cinco minutos, no mesmo monitor que contém os dados da pressão sangüínea e mostra o eletrocardiograma.
Batizado de VMonGluco, o aparelho já foi patenteado pela instituição como solução para pacientes internados. O equipamento foi desenvolvido no InCor a partir de um aparelho da multinacional americana Medtronic que faz um monitoramento contínuo das taxas de glicose por até 72 horas.
O aparelho da Medtronic verifica as taxas de glicose por meio de um fio um pouco mais grosso que um fio de cabelo, introduzido entre a pele e a camada de gordura, na região do abdômen. Segundo Marco Antonio Gutierrez, diretor de tecnologia do InCor, na instituição foi criado um software que aprimora a tecnologia e permite que os resultados sejam disponibilizados no monitor do leito a cada cinco minutos. A informação vai do aparelho da Medtronic para um computador de mão e em seguida para o monitor.
Segundo o diretor-geral do InCor, Prof. Dr. José Antônio Franchini Ramires, o quadro crítico leva a muitas alterações hormonais fazendo com que a taxa de açúcar sofre rápidas alterações, por isso torna-se necessário verificar a concentração várias vezes ao dia. Isso significa uma picada no dedo a cada uma ou duas horas. E ainda esperar o resultado dos exames. De acordo com Ramires, hoje já está estabelecido que, nesses pacientes internados, não só a resposta sobre as taxas de glicose tem de ser rápida como também o tratamento, por infusão de insulina. No futuro, o aparelho poderá ser ligado diretamente à bomba de insulina. Detectada a hiperglicemia, ela começaria a trabalhar.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta