Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Importação de anestésico é suspensa pela Anvisa

Publicidade

O anestésico tópico Dermomax (lidocaína), 4% creme, importado pela Biosintética Farmacêutica Ltda., de São Paulo (SP) foi suspenso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Uma inspeção realizada em julho junto ao fabricante, o laboratório Fernandale Laboratories Inc., com sede nos Estados Unidos, verificou que a empresa não cumpria o regulamento de boas práticas para a fabricação de medicamentos.
Foi suspenso ainda o comércio e o uso dos lotes 602610 e 605499 do medicamento Digestina (Bromoprida), 5 mg/ml, fabricado pelo laboratório União Química Farmacêutica Nacional S/A., de Embu-Guaçu (SP). Os lotes examinados apresentaram resultados insatisfatórios no teste de esterilidade, segundo o Laboratório Central Noel Nutels. A contaminação microbiológica pode provocar infecções no paciente.

Foi determinada, ainda, a interdição cautelar do lote nº 660 do antiinflamatório Voltaflan (Diclofenaco de Sódio, 100mg), comprimidos, com data de validade até 03/2010. O medicamento é fabricado pela empresa Bunker Indústria Farmacêutica Ltda., de São Paulo (SP).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta